O que acontecerá com as comunidades após o fim do Orkut? Saiba tudo

Os donos de comunidades do Orkut que se preocuparam com o fim da rede social do Google, anunciado nesta segunda-feira (30), tem um motivo a menos para se preocupar. A gigante de buscas informou que pretende manter um arquivo público com todas as comunidades e suas discussões.

Como exportar seus álbuns de fotos do Orkut para o Google+

Orkut Adeus Rosa (Foto: Reprodução/Orkut)Orkut vai ‘guardar comunidades’; entenda melhor (Foto: Reprodução/Orkut)

O arquivo será criado no dia 30 de setembro deste ano. Até lá, os usuários e proprietários poderão criar novos tópicos, comentar em tópicos existentes e fazer pesquisas normalmente. Os membros também poderão excluir posts seus que não queiram ver no arquivo público no futuro. Uma dica é excluir seu perfil antes que o Google descontinue o Orkut, por conta própria. Se uma conta for removida da rede social, todas as postagens serão excluídas.

Serão adicionadas ao arquivo somente as comunidades públicas – ou seja, aquelas que podem ser vistas por qualquer membro e estejam acessíveis via Internet. Os donos de comunidades podem alterar estas opções a vontade para garantir que elas sejam ou não incluídas neste arquivo até o fim do ano.

Como tornar uma comunidade pública?

Os usuários que queiram garantir que suas comunidades sejam inclusas no arquivo devem ir para a página de configurações da comunidade, clicar no link “Privacidade e Segurança” e selecionar a opção “Aberta – qualquer pessoa pode ver o conteúdo da comunidade”.

Em seguida, marque a opção ”Mecanismos de pesquisa como o Google e usuários que não fazem parte do Orkut podem encontrar minha comunidade e seus tópicos” e salve.

Já quem não quiser seus dados inclusos deve seguir os mesmo passos, mas basta deixar desmarcada a opção de permitir que sistemas de busca encontrem a comunidade.

Via Google