Twitter estréia na bolsa nesta quinta avaliado em US$ 14,4 bilhões

O Twitter fará nesta quinta-feira sua estreia na Bolsa de Nova York com a ação a US$ 26 dólares, na mais aguardada oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) de empresas de tecnologia desde que o Facebook abriu seu capital em maio de 2012. A empresa prevê lançar 70 milhões de títulos “TWTR” no New York Stock Exchange, visando captar US$ 1,82 bilhão. Uma opção de venda de 10,5 milhões de ações adicionais pode ser apresentada no prazo de 30 dias, elevando o total captado a US$ 2,1 bilhões.

Sobre a base de 555 milhões de títulos em circulação após a entrada na Bolsa (incluindo a opção adicional) e ao preço de US$ 26, o Twitter valeria algo em torno de US$ 14,4 bilhões.

O preço de lançamento é superior à faixa oficialmente prevista pelo Twitter na segunda-feira, entre US$ 23 e US$ 25, mas está abaixo da previsão de alguns meios especializados, que apontavam US$ 27.

“Os investidores veem as redes sociais e o setor móvel como indispensáveis, e não será surpresa que a demanda supere a oferta”, comentou Eden Zoller, analista da Ovum.

O valor previsto de US$ 1,82 bilhão está longe dos US$ 16 bilhões captados em maio do ano passado pelo Facebook, que detém o recorde de entrada na Bolsa para o setor tecnológico nos Estados Unidos. A entrada do Google em Wall Street captou US$ 1,92 bilhão, em agosto de 2004.

O valor de US$ 14,4 bilhões para o Twitter é muito para um grupo que jamais registrou lucro (prejuízo de US$ 134 milhões nos nove primeiros meses de 2013) e cuja base de usuários é significativamente menor que a do Facebook.

“É crucial para o Twitter reagir rápida e eficazmente após entrar na Bolsa e melhorar seu crescimento e rentabilidade”, adverte Zoller, apontando para a “urgência” de se incrementar a renda com publicidade fora dos Estados Unidos.

Fonte: Terra